blogpontual

27 de setembro de 2017

5 flores para cultivar em apartamento

Muitas vezes temos a sensação que falta um pouco de vida à nossa casa. E qual é a primeira ideia que temos? Cultivar uma bela plantinha! Acontece que, muitas vezes, escolhemos a planta errada para ter dentro de casa, especialmente em apartamentos, onde a área aberta é mais restrita e, consequentemente, há menor incidência de luz solar. 

No entanto, existem espécies que se adaptam muito bem a essas condições. Vamos falar de 5 delas e compartilhar com você algumas dicas de como cultivá-las.

Violeta: Existentes em diversas cores, são flores pequenas, fáceis de encontrar e baratas. Para cultivar as violetas, o ideal é deixa-las em um ambiente iluminado (próximo a janelas), mas que não bata sol direto. 

Florescem bem em temperaturas entre 21ºC e 30ºC. A quantidade de água também deve ser controlada: as mudas necessitam que o solo permaneça úmido, mas não encharcado. O cultivo em vasinhos de barro é a melhor opção, já que eles absorvem bastante umidade.

Bromélia: Também necessita um cômodo bem iluminado, porém sem incidência direta de sol. O ideal é plantá-las em vasos de cerâmica ou plástico com ventilação por baixo. São plantas resistentes e sobrevivem a qualquer clima, mas não esqueça de regá-las de duas a três vezes por semana. Em dias muito quentes, é aconselhável borrifar um pouco de água nas folhas e flores.

Lírio da paz: Suas belas flores brancas em meio a uma folhagem verde e viva podem dar outra cara para a decoração do apartamento. Essa planta não exige luz solar direta e floresce geralmente durante a primavera e verão. Mantenha a terra úmida, sem encharcar. Se o clima estiver muito seco, borrife um pouco de água nas folhas. Estudos indicam ainda que essa planta possui propriedades que ajudam a purificar o ar.

Mini cacto: Compreendem um grande grupo de espécies, mas todas necessitam cuidados semelhantes. Na verdade, necessitam poucos cuidados, por isso são ótimas opções para quem não possui muito tempo para dedicar-se à planta. Você pode regá-lo uma vez por semana, sendo que, durante o verão, uma colher de sopa de água é suficiente. Durante o inverno, a frequência pode ser reduzida para uma vez ao mês. O mais indicado no plantio é o vaso de cerâmica.

Espada de São Jorge: Outra planta que auxilia na purificação do ar. Há quem cultive a Espada de São Jorge em casa para proteger-se do mau-olhado. Independente do seu nível de superstição, o fato é que essas mudas são práticas e muito usadas para decorar ambientes. As folhas possuem uma mescla de tons de verde e ocasionalmente produzem pequenas flores em tom branco amarelado. As regas dessa muda devem ser bem espaçadas, somente para umedecer a terra. O cultivo ideal é a meia-sombra, mas elas suportam tranquilamente certa incidência de luz solar.

Dicas extra

- Para saber quando o solo está úmido na medida certa, pressione os dedos sobre a terra, se ao tirar os dedos ficarem alguns grãos de terra grudados, é porque está úmido. Se praticamente não grudarem grãos, é porque o solo está seco, e se você sentir os dedos molhados, é porque está encharcado demais.

- Cada espécie tem suas próprias necessidades em relação ao plantio. Pesquise que tipo de substrato e adubo pode ser utilizado para sua mudinha florescer bela e cheia de vida!

Gostou das dicas? Conte nos comentários!


Deixe seu comentário

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de total responsabilidade de seus respectivos autores e não representam, necessariamente, a opinião da imóveis pontual


Entrar em contato no WhatsApp