blogpontual

02 de abril de 2018

Como escolher o tamanho ideal dos móveis para a sala

Ao planejar a mobília da sala de estar, uma das primeiras – e maiores – dúvidas que surge durante o processo é sobre o tamanho dos móveis. Afinal, como saber as medidas corretas do mobiliário para que o cômodo tenha proporções harmoniosas e se torne um espaço prático e confortável?

Para solucionar essa incógnita, separamos algumas dicas que você pode ler abaixo!

Espaço de circulação: o que é?

Não há nada mais chato do que estar caminhando pela casa e bater o dedinho do pé no canto de um móvel, não é mesmo?! 

O espaço de circulação nada mais é do que o vão necessário para se andar por entre os móveis e evitar acidentes do tipo. É extremamente importante respeitá-lo para não dificultar a passagem das pessoas no ambiente e criar um espaço harmônico. Para isso, indica-se deixar um espaço de, no mínimo, 60 cm entre móveis.

Outra dica é não deixar nada muito colado na janela para não desvalorizar a abertura e ter espaço para a cortina. Ainda, afaste os móveis cerca de 3 cm das paredes para permitir a circulação de ar e evitar mofo.

Rack: como medir?

Para que o ambiente fique harmônico, o rack onde será inserida a TV deve ter aproximadamente 50 cm de altura, nem muito mais, nem muito menos. Assim, a televisão ficará na altura dos olhos, proporcionando mais conforto na hora de assistir.

Aqui também valem as mesmas regras: espaço de circulação mínimo na frente e nas laterais e um pequeno afastamento da parede.

Sofá: como aliar espaço e conforto?

Pense em quantas pessoas irão aproveitar o móvel. Uma família grande, especialmente com crianças, requer um sofá de maiores dimensões que comporte todo mundo na hora daquela sessão de cinema com pipoca. Caso contrário, um sofá de no máximo 1,70 m já satisfaz o bem-estar de uma ou duas pessoas. Se você acha que haverá pouco espaço para receber os convidados num sofá menor, experimente inserir uma ou duas poltronas na lateral.

Caso seu sonho seja ter aquele sofá retrátil mega confortável, mas não há muito espaço para ele, substituir a mesa de centro por uma mesinha de canto pode ser uma boa solução para deixar o meio da sala livre, especialmente em salas retangulares.


Outros utensílios:

Prateleiras – São ótimos aliados da decoração e organização em qualquer cômodo. O ideal é que elas fiquem acima da altura da cabeça e tenham de 10 a 15 cm de profundidade.
Painel – Se a sua escolha para apoiar a TV é um painel, tenha cuidado com o tamanho da sua sala. Em salas pequenas, o móvel pode deixar o ambiente pesado.
Tapete – Quanto maior o tapete, maior a sensação de amplitude no ambiente. Tenha em mente que, para conseguir esse efeito, o utensílio deve ultrapassar cerca de 30 cm as laterais do sofá e “entrar” 20 cm para baixo do móvel.

Distância entre o sofá e a TV:


Para saber a distância correta entre a televisão e o sofá, basta fazer a seguinte conta: tamanho da TV (em polegadas) dividido por 21. O resultado é a distância ideal entre o sofá e o aparelho.

Você também pode fazer o cálculo contrário e descobrir o tamanho mais indicado da televisão naquele ambiente. Para isso, multiplique a metragem entre o sofá e a TV por 21. 
Exemplo: se sua casa tem um espaço de dois metros entre o sofá e a parede, por exemplo, o aparelho ideal teria até 42 polegadas. 

→ Aprenda a escolher a televisão ideal para sua sala, clicando aqui. 

DICA!
Se a sua sala está totalmente vazia, demarque com uma fita branca no chão as medidas dos móveis que você gostaria de ter. Dessa forma, você poderá ver se a realidade do espaço condiz com o ambiente que você havia planejado em mente. 

Vá ajustando essas medidas até achar a proporção ideal entre os móveis e os espaços de circulação. Depois, é só buscar por peças que atendam estes requisitos e voilà! Sua sala estará pronta para ser desfrutada com todo conforto possível.

Deixe seu comentário

ATENÇÃO: Os comentários abaixo são de total responsabilidade de seus respectivos autores e não representam, necessariamente, a opinião da imóveis pontual